O seu diário de notícias do Mundo MapleStory


 

Ludibrium, assim como Orbis, é uma cidade que também está no ar. Entretanto, diferente de Orbis, O castelo de Ludibrium é suspenso por duas torres enormes de 100 andares, chamadas Torre Eos e Torre Helios. O Castelo todo é feito de tijolos de brinquedos, que parecem não ser fortes, mas devido a estrutura de encaixe de cada um, foi possível criar uma enorme e formidável barreira contra monstros. Ludibrium está tão alta que o Sol brilha 365 dias no ano. Ao contrário de sua aparência infantil e de brinquedos, Ludibrium é altamente avançada e é lá que existem fábricas que produzem incríveis quantidades de brinquedos, além de usar um sistema integrado de consumo de força, que é liberada por poderosos itens chamados Táquions e pelo fluxo do tempo.

As torres, como são enormes e valorizadas, também é o lar de monstros locais. Então os soldados de Ludibrium precisam limpar as mesmas de vez em quando. Ultimamente porém, o número de soldados passou a diminuir devido a ameaça recebia no Setor Omega, e os soldados não tiveram outra escolha senão pedir ajuda aos viajantes para limpar as torres também.

 

Para ajudar na limpeza, Nemi liberou alguns ratos de brinquedo para eliminar os monstros e resolver o problema.

 

Porém isso só piorou a situação. Então foram soltos Canoros para acabar com os ratos, porém eles criaram ninhos do lado de fora da torre e se recusam a entrar.

 

Além disso, monstros como os Robloco Golens querem destruir as torres para construir outra com o seu nome! Os viajantes são contratados para eliminá-los e recuperar as peças deixadas por eles. Os Robloco Golens estão sob a influência de Cristias Sombrios. Além de destruir a torre e criarem outra, eles usam as peças para criar ainda mais golens. O líder desses golens é o Rombot, um monstro que se revoltou e deve ser destruído de uma vez por todas.

 

 

 

Os Coelhos com Tambor são outros monstros bonitinhos que estão fora de controle. De alguma forma, eles foram expostos aos poderes dos cristais e começaram a usar a sua energia para operarem por conta própria! Tornaram-se selvagens, raivosos e passaram a destruir a torre. O General Maestro, do Setor Omega, pede para que os viajantes destruam os Coelhos com Tambor e retirem os cristais de seus corpos. Os cristais na sua maioria já estão totalmente gastos, deixando de ser Cristais Sombrios e passando a ser Cristais Apagados.

Porém, a Torre de Eos não é a única área de Ludibrium que tem problemas. A Torre do Relógio, bem no meio do castelo parou de funcionar! Depois de alguma pesquisa, o Sr. Bouffon descobriu que existe uma pequena rachadura no fundo da Torre. E por ela passou um pequeno monstro que roubou o Pêndulo da Torre. Se escondendo dentro de uma das salas da Torre de Eos, cheia de casas de bonecas.

Com a habilidade de se disfarçar, esse monstro se misturou com as outras casas. Felizmente um viajante com bons olhos conseguiu ver a diferença entre as casas e achou o monstro, recuperando o pendulo. O viajante devolveu o pendulo para o Relôgio do Vovô dentro da Torre, que o arrumou e o relógio passou a funcionar novamente. Por um tempo tinha-se a certeza de que estava tudo bem e todos voltaram com seus afazeres. Mas a “Rachadura Dimensional” no fundo da torre ainda estava aberto…

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: