O seu diário de notícias do Mundo MapleStory

Arquivo para a categoria ‘Victoria’

3. As Fadas de MapleStory


As fadas de Ellinia são pacíficas, sabia raça que pratica magia em escolas e reúnem muito conhecimento ao seu redor, mantendo na Biblioteca Mágica. O único humano a quem elas ouvem é Grendel, devido a seus grandes dotes mágicos. Fadas normalmente não costumam se comunicar com humanos, mas em alguns momentos eles não tem outra escolha senão pedir ajuda. A única coisa que pode fazer uma fada mudar de idéia porém, é um objeto brilhante. Muitos deles tem valores específicos para cada uma delas. Arwen tinha um sapato de cristal que foi roubado por monstros, por exemplo. Algumas fadas são tão desesperadas por tais objetos que são capazes até de sacrificar uma de suas asas para tê-los de volta!

Ellinia porém não é o único lugar onde as fadas vivem. Existe também outra variedade de fadas que vivem em Orbis. Enquanto as fadas de Ellinia tem asas frágeis e delicadas como das borboletas, as fadas de Orbis são possuem poderosas asas angelicais, maiores até a que seus próprios corpos em alguns casos. Ambas as espécies de fadas convivem entre si, elas trocam itens valiosos para criarem poções e Elixires. A fada Wing de Ellinia em algumas vezes contrata humanos fortes para ir a Ossyria entregar itens para a sua amiga Kriel, que sintetiza magias poderosas e itens. Um desses itens são as Lágrimas de Kelvelos, extraídas e um monstro lendário obtido pela família de Wing há muito tempo atrás…

Anúncios

2. Manji e o Velho Gládio


Décadas atrás, havia um herói lendário que vagava pela Ilha Victória, seu nome era Tristan. Ele era conhecido, mas raramente visto, sempre procurando pelos mais fortes e malignos monstros. Um dia, Manji de Perion, um guerreiro em treinamento, percebeu uma aura maligna emanando da caverna ao centro da Ilha Victoria. Atraído por ela, ele começou sua descida às profundezas do Tunel das Formigas.

Eventualmente, Manji se adentrou tão profundamente na caverna que não havia luz suficiente para iluminar e as paredes da caverna começaram a parecer azuis. Ele sabia que era um território perigoso, mas seu sentido de aventura o manteve em sua jornada até o final do calabouço. Ao final da caverna, ele descobriu um santuário antigo, há muito utilizado por pessoas e agora parcialmente destruído. A força negra vinha do santuário, ele tinha certeza. Finalmente, depois de chegar na última, e mais escura sala do santuário, ele viu algo: dois brilhantes olhos penetrantes através da escuridão. Sim, era o Balrog. Ele abriu suas asas enormes e abriu um sorriso diabólico com seus dentes pontiagudos.

Logo então, o Balrog começou a atacar! Manji sabia que ele não teria chance, mas era tarde de mais para correr. Assim que Balrog atacou com sua garra, Manji fechou os olhos esperando a morte certa, mas nada sentiu. Ele olhou para cima, apenas para ver o lendário herói Tristan, que estava ali para salvá-lo. Sua espada tinha um brilho místico que ajudou a afastar a aura negra do Balrog. Tristan e Balrog lutaram por algum tempo, até que finalmente o herói conseguiu ganhar uma vantagem, e conseguiu arremessar o Balrog para um poço. Tristan se virou para ver como Manji estava, mas esse foi seu erro fatal. O Balrog subiu com suas asas machucadas e ainda conseguiu agarrar Tristan, fazendo com que ambos caíssem na escuridão.

Manji correu para a encosta, procurando por Tristan. Mas já era tarde. Manji então desceu a encosta e encontrou o herói mortalmente machucado. Tristan então passou a espada para Manji, mas ela estava fortemente destruída devido a batalha e a aura negra do Balrog. Manji então jurou sob o corpo de Tristan que quando ele estiver forte o suficiente, iria restaurar a espada a sua forma original e a daria a um guerreiro tão nobre quanto Tristan.

1. Victoria


Victoria

Há muito tempo atrás, a Ilha Victória era governada pela civilização dos Sharenian. Os Sharenians governavam a ilha da densa floresta ao norte de Victoria, onde hoje é a cidade de Perion. Sua cultura prevaleceu por centenas de anos, e criou a maioria das coisas que compõem o Mundo Maple de hoje. Basicamente a Ilha Victoria toda era o País dos Sharenians. Os Golens de Pedra foram criados para proteger seus Templos ao extremo sul da ilha. Até mesmo o Santuário, nas profundezas do Tunel das Formigas, uma vez fora um importante solo de provas para eles. Mas, todas as grandes coisas têm seu fim, e os Sharenian encararam sua extinção sob a regência de Sharen III. Sharen III era um homem compreensivo e compassivo , que governou justamente e era querido por todos. Ele almejava a imortalidade, entretanto, e procurou pelo Rubian, uma jóia preciosa que traz juventude para aquele que o possuir.
Infelizmente, o Rubian era amaldiçoado, e aquele que o possuir irá encarar seu fim, oprimido e derrotado.

Sua esposa, Lillian pediu que ele fosse até o Morro Maple, um lugar, que misteriosamente desapareceu depois que a maldição caiu sobre seu povo. Ele se recusou a ir, e continuou sua busca pela jóia.

Lillian, vendo que seu marido estava obcecado pela pedra, decidiu fugir e se esconder dentro da floresta de árvores aceráceas (maple). Ironicamente, ela encontrou uma árvore com um aspecto diferente, sombrio. Aquela árvore tinha a pedra amaldiçoada dentro dela, que não podia ser tocada por ninguem mais que uma pessoa com coração puro. E ela era capaz de levar a pedra à Sharen III. Mas Ergoth, o espírito da Rubian, amaldiçoou seu reino.

Sharen enlouqueceu com o poder da Rubian, e se esqueceu da maldição. Ele não merecia a imortalidade, nem sequer sua mobilia, e ele estava destinado a perder seus tesouros preciosos, do mesmo modo que ele fizera Ergoth perder seu único tesouro.
Um dia, Ergoth possuiu o corpo de Lillian, deixando a Sharen duas alternativas. Morrer e perder seu tesouro, ou matar seu único amor para proteger seu tesouro. Com lágrimas nos olhos, ele perfurou o corpo della com sua espada e a sua lápide está localizada onde a árvore negra se encontra.
Ergoth estava governando o reino, e como punição para Sharen, ele removeu suas roupas e o trancou nos canais, fazendo-no morrer de fome. E a jóia que Ergoth possui é apenas uma lasca da jóia original que se encontra perdida em alguma árvore do Morro Maple.

Perion então se tornou a terra devastada, seca e infértil que conhecemos hoje em dia.
Mais recentemente, O Local de Escavação e todas as escavações acontecendo em suas proximidades não têm ajudado a resolver este problema.

E é assim que o mundo continuou, sem nenhum grande grupo governante, até aproximadamente 300 anos atrás. Alcaster, o famoso mago de El Nath, começou a estudar essa história por um longo tempo. Ela conta de uma grande guerra que teve lugar anos atrás, e um livro lendário, o Livro dos Antigos, contendo feitiçaria proibida e magia negra, que era usado como uma arma nesta guerra. A guerra, entretanto batalhada por razões desconhecidas entre duas facções desconhecidas, têm alguns sobreviventes dos dias de hoje: os quatro sábios da Ilha Victoria. Grendel, Athena Certeira, Chefe Balrog e Lorde Negro, todos juntos nesse conflito. Juntos, eles decidiram esconder o Livro dos Antigos de qualquer pessoa. Depois de escondê-lo, eles criaram um mapa, e para prevenir que ele fosse utilizado, eles dividiram o mapa em quatro partes, cada um mantendo uma parte.

Grendel se retirou para a cidade nas altas árvores, Ellinia, e começou a estudar magia negra. Suas primeiras tentativas foram tentar trazer bonecas de palha à vida. A Magia negra é extremamente perigosa, porque se usada de forma errada, o bruxo corre o risco de perder suas habilidades de usar magias. E Magia negra relacionada com a vida é especialmente proibida, contudo o jovem Grendel ignorava isso. Infelizmente, algo terrível aconteceu, e a maldição da Magia negra escorreu para os bonecos. Grendel levou os bonecos amaldiçoados e os selou em um calabouço, para nunca mais serem vistos novamente…ou era o que ele esperava. Anos depois os Lupinos que viviam nas proximidades descobriram os bonecos amaldiçoados e os roubaram, tornando eles em Lupinos Zumbis.

Neste mesmo tempo, Athena Certeira, viajando pelas planícies do extremo sul de Victoria, avistou uma pequena cidade sobre ataque de bandos de poderosos monstros, liderados pela Cogumãe. Ela cessou o ataque violento com apenas uma mão, e desde então permaneceu lá para proteger o vilarejo de Henesys e ensinar a jovens aprendizes o “Caminho dos Arqueiros”.

De volta ao Alcaster, depois de encontrar alguém para pegar as quatro partes dos mapas, ele seria capaz de unir o mapa novamente usando outra forma da magia negra. O mapa então revelou que o Livro dos Antigos estava escondido na torre de Orbis. Finalmente, o livro foi recuperado e Alcaster o estudou por um longo tempo. Além disso ele descobriu uma maneira de selar seu poder proibido de uma vez por todas usando Cristais Negros.

%d blogueiros gostam disto: